Um olhar psicopedagógico acerca do transtorno de ansiedade e suas repercussões na aprendizagem escolar

Jogar com a criança permite ao psicopedagogo reconhecer e compreender o seu mundo interno, suas transferências positivas e negativas, necessidades, ansiedades básicas e os mecanismos que estão na base das relações objetais (BOSSA, 2010, p. 13).


O transtorno de ansiedade infantil tem sido um tema muito discutido nos últimos anos. Nas escolas constata-s...

A tomada de decisão para o transplante cardíaco é um processo multidisciplinar difícil que, apesar de embasada por leis e regras claras e objetivas, transcorre também por aspectos subjetivos dos profissionais.

Este é um artigo de revisão sistemática que objetiva revisar e analisar a literatura acerca da relação das habilidades cognitivo-linguísticas, leitura e escrita de estudantes do primeiro ciclo do ensino fundamental.

O presente estudo procurou identificar quais os impactos produzidos sobre a saúde mental dos profissionais de enfermagem.

Este artigo objetiva analisar a experiência do estágio em docência realizado em duas instituições públicas de ensino superior.

Este texto refere-se a um relato de experiência fruto de um trabalho acadêmico, realizado por alunas de psicologia, que teve como proposta promover instruções no âmbito escolar para melhorar a qualidade das relações estabelecidas e assim, ainda que de maneira indireta, favorecer o processo de ensino-aprendizagem.

O desenho é uma forma de linguagem não escrita utilizada por crianças de todas as idades como um meio experimental de ver o ambiente que a rodeia. Essa expressão do lúdico leva a ações psíquicas e reflexivas.

O estudo pretendeu analisar o sentido da vida na visão de idosos institucionalizados, com a realização de uma busca sistemática na literatura da base de dados eletrônicos. Foi verificado que os pontos comuns abordados na literatura versam sobre os principais fatores que fazem os idosos residirem em ILPs, tendo em comum a solidão por não terem família, a viuvez, não terem filhos, ou, quando os têm, residirem distantes e por falta de recursos financeiros para prover o cuidado adequado, além de outros, expostos no decorrer deste artigo.

 Este artigo tem como objetivo compreender a função do brincar na clínica gestáltica com crianças.A partir de uma revisão bibliográfica, esse artigo procura explorar o modelo clínico da gestalt-terapia na forma de atuação na clínica infantil e a importância do brincar na construção das intervenções psicoterápicas.

O presente artigo apresenta uma pesquisa realizada com professores de um centro de Educação Infantil na região de Joinville, para avaliar qual o índice de Síndrome de Burnout ou se há incidência de sintomas desencadeadores. 

O presente artigo tem como objetivo compreender historicamente a emergência de práticas e discursos que possibilitaram os arranjos político-institucionais de acolhimento de crianças e adolescentes da maneira como se configuram na atualidade.